Perfil Regional de Saúde 2015          
                       
  Região de Saúde do Norte  
                       
  Capa                
  Índice         Lista de Siglas e Acrónimos  
  Ligações         Meta Informação  
                       
    FICHA TÉCNICA    
         
                       
                       
      Título          
      Perfil Regional de Saúde 2015 - Região de Saúde do Norte          
                     
      Presidente do Conselho Diretivo da ARS Norte, I.P.          
      António Pimenta Marinho          
                     
      Diretor do Departamento de Saúde Pública da ARS Norte, I.P.          
      Maria Neto          
                     
      Grupo Estratégico   Grupo Operativo      
      Ana Cristina Guerreiro (ARS Algarve)   Alexandra Monteiro (ARS Algarve)      
      Ana Dinis (ARS Lisboa e Vale do Tejo)   Ana Mendes (ARS Alentejo)      
      António Tavares (ARS Lisboa e Vale do Tejo)   Carla Lacerda Rascôa (ARS Lisboa e Vale do Tejo)      
      Carolina Teixeira (ARS Norte)   Eleonora Paixão (ARS Alentejo)      
      Elsa Soares (ARS Lisboa e Vale do Tejo)   Emília Castilho (ARS Algarve)      
      Eugénio Cordeiro (ARS Centro)   Leonor Murjal (ARS Alentejo)      
      Filomena Araújo (ARS Alentejo)   Lígia Carvalho (ARS Centro)      
      João Pedro Pimentel (ARS Centro)   Maria Adelaide Coelho (ARS Lisboa e Vale do Tejo)      
      Joaquim Bodião (ARS Algarve)   Miriam Gonzaga (ARS Norte)      
      Leonor Murjal (ARS Alentejo)   Nélia Guerreiro (ARS Algarve)      
      Manuela Mendonça Felício (ARS Norte)   Pedro Ferreira (ARS Norte)      
      Maria Adelaide Coelho (ARS Lisboa e Vale do Tejo)   Sandra Lourenço (ARS Centro)      
      Maria Neto (ARS Norte)   Vasco Machado (ARS Norte)      
      Paula Valente (ARS Alentejo)          
      Teresa Pereira (ARS Algarve)          
      Vasco Machado (ARS Norte)          
                     
      E-mail de contacto          
      perfisdesaude@arsnorte.min-saude.pt          
                       
                       
                       
    LISTA DE SIGLAS E ACRÓNIMOS    
         
                       
      ACeS Agrupamento de Centros de Saúde    
      ARS, I.P. Administração Regional de Saúde, Instituto Público    
      CRS Complexo Relacionado com Sida (sintomático não-SIDA)    
      CT Continente    
      DDI-URVE Departamento de Doenças Infeciosas - Unidade de Referência e Vigilância Epidemiológica    
       INSA, I.P. Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, Instituto Público    
      DGS Direcção-Geral da Saúde    
      DPOC Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica            
      DSP Departamento de Saúde Pública    
      FM Fetos Mortos              
      H Homens              
      HM Homens e Mulheres              
      hab Habitantes    
      IAG Infeção aguda              
      ICPC-2 Classificação Internacional de Cuidados Primários, 2.ª Edição - Diagnóstico Ativo (Morbilidade)      
      IEFP, I.P. Instituto de Emprego e Formação Profissional, Instituto Público    
      INE, I.P. Instituto Nacional de Estatística, Instituto Público    
      ISF Índice Sintético de Fecundidade            
      M Mulheres              
      NUT Nomenclatura de Unidade Territorial    
      NV Nados Vivos              
      PA Portador Assintomático    
      PLS Perfil Local de Saúde    
      PORDATA Base de Dados Portugal Contemporâneo    
      PSR Perfil de Saúde da Região     
      RSI Rendimento Social de Inserção    
      Sem Semanas              
      SIARS Sistema de Informação das ARS            
      Sida Síndrome de Imunodeficiência Adquirida    
      SSA Sinais, Sintomas e Achados            
      SVIG-TB Sistema de Informação Intrínseco do Programa Nacional de Luta contra a Tuberculose    
      TB Tuberculose    
      TMP Taxa de mortalidade padronizada pela idade    
      ULS Unidade Local de Saúde    
      VIH Vírus da Imunodeficiência Humana    
             
    Topo                
                       
    META INFORMAÇÃO    
         
                       
      QUEM SOMOS?      
      Designação Cálculo      
                       
      Índice de envelhecimento (Número de pessoas com 65 ou mais anos /Número de pessoas com menos de 15 anos) x 100      
      Índice de dependência de jovens (Número de pessoas com menos de 15 anos / Número de pessoas com idades compreendidas entre os 15 e os 64 anos ) x 100      
      Índice de dependência de idosos (Número de pessoas com 65 ou mais anos / Número de pessoas com idades compreendidas entre os 15 e os 64 anos ) x 100      
      Taxa bruta de natalidade (Número de nados-vivos / População residente estimada para o meio do ano) x 1000      
      Índice sintético de fecundidade (ISF) Número médio de crianças vivas nascidas por mulher em idade fértil (dos 15 aos 49 anos de idade), admitindo que as mulheres estariam submetidas às taxas de fecundidade observadas no momento. Valor resultante da soma das taxas de fecundidade por idades, ano a ano ou grupos quinquenais, entre os 15 e os 49 anos, observadas num determinado período (habitualmente um ano civil). Nota: O número de 2,1 crianças por mulher é considerado o nível mínimo para assegurar a substituição de gerações, nos países mais desenvolvidos.      
      Esperança de vida à nascença Número médio de anos que uma pessoa à nascença pode esperar viver, mantendo-se as taxas de mortalidade por idades observadas no momento.      
                       
      COMO VIVEMOS?      
      Designação Cálculo      
                       
      Desempregados inscritos no IEFP /1000 habitantes da população ativa (15+ anos) (Nº de desempregados inscritos no IEFP / População média ativa) x 1000      
      Percentagem de população empregada por sector de actividade económica (Nº de indivíduos empregados em determinado setor de atividade económica / Nº total de indivíduos empregados, numa determinada área geográfica e num determinado período de tempo) x 100      
      Número de beneficiários do rendimento social de inserção da segurança social Nº de pessoas que recebem a prestação denominada Rendimento Social de Inserção, incluída no subsistema de solidariedade e num programa de inserção, de modo a lhes conferir e aos seus agregados familiares, apoios adaptados à sua situação pessoal, que contribuam para a satisfação das suas necessidades essenciais e que favoreçam a progressiva inserção laboral, social e comunitária.      
      Beneficiários do rendimento social de inserção da segurança social /1000 habitantes da população ativa (15+ anos) (Nº de beneficiários do rendimento social de inserção da Segurança Social / População média ativa) x 1000      
      Número de pensionistas da segurança social Nº de titulares de uma prestação pecuniária nas eventualidades de: invalidez, velhice, doença profissional ou morte.      
      Pensionistas da segurança social /1000 habitantes da população ativa (15+ anos) (Nº de pensionistas da Segurança Social / População estimada ativa) x 1000      
      Número de beneficiários de subsídios de desemprego da segurança social Nº total de beneficiários a quem foi concedido subsídio de desemprego e social de desemprego.      
      Beneficiários de subsídios de desemprego da segurança social /1000 habitantes da população ativa (+15 anos) (Nº de beneficiários de subsídio de desemprego da Segurança Social / População média ativa) x 1000      
      Taxa de criminalidade (Nº total de crimes / População média residente) x 1000      
      Taxa de crimes contra a integridade física (Nº total de crimes contra a integridade física / População média residente) x 1000      
      Taxa de condução com alcoolémia superior a 1,2 (Nº total de crimes por condução de veículo com taxa de alcoolemia superior a 1,2 g/l / População média residente) x 1000      
      Percentagem de população por nível de escolaridade mais elevado completo (Nº de indivíduos residentes, por cada um dos níveis de escolaridade mais elevada, completada / População média residente) x 100      
      Taxa de abandono escolar (População residente com idade entre 10 e 15 anos que abandonou a escola sem concluir o 9º ano / População residente com idade entre 10 e 15 anos) x 100      
      Ganho médio mensal dos trabalhadores por conta de outrem (Valor global em euros, de montantes em dinheiro e em géneros a pagar pelos empregadores aos seus trabalhadores, como contrapartida do trabalho prestado / Nº de trabalhadores por conta de outrém)      
      Poder de Compra per capita Pretende traduzir o poder de compra manifestado quotidianamente, em termos per-capita, nos diferentes municípios ou regiões, tendo por referência o valor nacional.       
      População servida por abastecimento público de água (%) (População servida por sistemas de abastecimento de água / População média anual residente) x 100      
      População servida por sistemas de drenagem de águas residuais (%) (População servida por sistemas de drenagem de águas residuais / População média anual residente) x 100      
      População servida por estações de tratamento de águas residuais (ETAR) (%) (População servida por estações de tratamento de águas residuais / População média anual residente) x 100      
                       
      QUE ESCOLHAS FAZEMOS?      
      Designação Cálculo      
                       
      Proporção (%) de nascimentos em mulheres com idade inferior a 20 anos (Nº de nados vivos em mulheres com idade < 20 anos / Nº total de nados vivos) x 100       
      Proporção (%) de nascimentos em mulheres com idade superior ou igual a 35 anos (Nº de nados vivos em mulheres com idade ≥ 35 anos / Nº total de nados vivos) x 100       
      Determinantes nos CSP (tabaco, álcool, abuso de drogas, excesso de peso) Nº de utentes com diagnóstico ativo na lista de problemas, de acordo com a classificação ICPC-2 / Nº total de utentes com inscrição activa no ACeS(Região) na data de referência do indicador) x 100      
      População residente (%) com 10 ou mais anos de idade por consumo de tabaco (N.º indivíduos com idade ≥ 10 anos, por consumo de tabaco / N.º indivíduos inquiridos, com idade ≥10 anos) x 100       
      População residente (%) que nos 12 meses anteriores à entrevista bebeu alguma bebida alcoólica (N.º indivíduos que nos 12 meses anteriores à entrevista bebeu alguma bebida alcoólica / N.º indivíduos inquiridos) x 100       
      População residente (%) com 18 ou mais anos de idade por classe de índice de massa corporal (IMC) (N.º indivíduos com idade ≥ 18 anos, por classes de índice de massa corporal (IMC) / N.º indivíduos inquiridos, com idade ≥ 18 anos) x 100       
                       
      QUE SAÚDE TEMOS?      
      Designação Cálculo      
                       
      Proporção (%) de nascimentos pré-termo (Nº de nados vivos de gestações com menos de 37 semanas / Nº total de nados vivos, numa determinada área geográfica e num determinado período de tempo) x 100      
      Proporção (%) de crianças com baixo peso à nascença (Nº de nados vivos com peso ao nascer inferior a 2.500 gramas / Nº total de nados vivos, numa determinada área geográfica e num determinado período de tempo) x 100      
      Taxa bruta de mortalidade (Nº total de óbitos / População média residente numa determinada área geográfica, num determinado período de tempo) x 1000      
      Taxa de mortalidade infantil (Nº total de óbitos de crianças com menos de um ano de idade / Nº de nados vivos) x 1000      
      Taxa de mortalidade neonatal (Nº de óbitos de crianças com menos de 28 dias de idade / Nº de nados vivos ) x 1000      
      Taxa de mortalidade neonatal precoce (Nº de óbitos de crianças com menos de 7 dias de vida / Nº de nados vivos ) x 1000      
      Taxa de mortalidade pós neonatal (Nº de óbitos de crianças com mais de 28 dias e menos de um ano de idade / Nº de nados vivos ) x 1000      
      Taxa de mortalidade fetal tardia (Nº de fetos mortos com mais de 28 semanas / Nº de nados vivos e fetos mortos de 28 ou mais semanas numa determinada área geográfica e num determinado período de tempo) x 1000      
      Taxa de mortalidade perinatal (Nº de fetos mortos de 28 ou mais semanas de gestação e nº de óbitos de nados vivos com menos de 7 dias de idade / Nº de nados vivos e fetos mortos de 28 ou mais semanas, numa determinada área geográfica e num determinado período de tempo) x 1000      
      Mortalidade proporcional por grandes grupos de causas de morte para todas as idades e ambos os sexos (Nº de óbitos por grandes causas / Nº total de óbitos, numa determinada área geográfica e num determinado período de tempo) x 100      
      Mortalidade proporcional por grandes grupos de causas de morte para as idades < 75 anos e ambos os sexos (Nº de óbitos por grandes causas de morte em indivíduos com menos de 75 anos / Nº total de óbitos em indivíduos com menos de 75 anos, numa determinada área geográfica e num determinado período de tempo ) x 100      
      Mortalidade proporcional por grandes grupos de causas de morte por ciclo de vida, ambos os sexos (Nº de óbitos por grandes causas de morte por fases do ciclo de vida / Nº total de óbitos, numa determinada área geográfica e num determinado período de tempo ) x 100      
      Taxa de mortalidade padronizada por causas de morte, <75 anos Valor que permite a comparação de mortalidade por grupos de causas de morte entre diferentes regiões, retirando o efeito que a variável idade tem sobre a mortalidade, num determinado período de tempo.      
      Taxa de mortalidade padronizada por causas de morte, todas as idades Valor que permite a comparação de mortalidade por grupos de causas de morte entre diferentes regiões, retirando o efeito que a variável idade tem sobre a mortalidade, num determinado período de tempo.      
      Número de AVPP Soma dos produtos dos óbitos ocorridos em cada grupo etário (até aos 70 anos) e a diferença entre os 70 anos e a idade média de cada grupo etário.      
      Taxa de AVPP (Nº de AVPP / População residente com menos de 70 anos) x 100 000      
      Morbilidade nos CSP Nº de utentes com diagnóstico ativo na lista de problemas, de acordo com a classificação ICPC-2 /Nº total de utentes com inscrição activa no ACeS(Região) na data de referência do indicador) x 100      
      Percentagem de população residente por tipo de doença crónica existente (N.º indivíduos por tipo de doença crónica auto-referida / N.º indivíduos inquiridos) x 100       
      Taxa de incidência de sida (Nº de novos casos confirmados de sida / População média residente) x 100 000       
      Taxa de incidência da infecção VIH (Nº de novos casos de infeção por VIH / População média residente) x 100 000       
      Taxa de notificação de tuberculose (Nº de casos notificados de tuberculose (todas as formas) / População média residente) x 100 000       
      Taxa de incidência de tuberculose (Nº de novos casos confirmados de tuberculose (todas as formas) / População média residente) x 100 000       
               
               
    Topo