Cuidados Paliativos
Ministério da Saúde assina Protocolo com o Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar na área da Formação e Investigação  
Data de Publicação: 03-OCT-2017 03:31 PM

Cuidados Paliativos

No dia 4 de Outubro, o Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, vai estar presente no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar a fim de subscrever o acordo celebrado entre o Ministério da Saúde e o referido Instituto – Formação e Investigação na área dos Cuidados Paliativos –, no sentido de incluir esta relevante área de formação no ensino pré-graduado, nomeadamente no Mestrado Integrado de Medicina, dando, desta forma, continuidade ao Plano Estratégico definido e já apresentado, para o biénio 2017-2018.

Segundo a estimativa da Organização Mundial de Saúde, anualmente, mais de 40 milhões de pessoas necessitam de Cuidados Paliativos em todo o mundo e reconhece a eficiência e custo-efetividade de diversos modelos de organização de Cuidados Paliativos no alívio do sofrimento.

Na posse desta informação, o atual Governo consignou esta área no seu Programa, estabelecendo como uma das prioridades melhorar a qualidade dos cuidados de saúde e reforçar o poder do cidadão no Serviço Nacional de Saúde, promovendo disponibilidade, acessibilidade e a humanização dos serviços.



Voltar
 
pesquisa avançada >