O que é o PRESSE?

O PRESSE é o Programa Regional de Educação Sexual em Saúde Escolar, promovido pela Administração Regional de Saúde do Norte, I.P. (ARSN) através do seu Departamento de Saúde Pública (DSP) em parceria com a Direcção Regional de Educação do Norte (DREN), que apoia a implementação da educação sexual nas escolas, de uma forma estruturada e sustentada, envolvendo o trabalho conjunto entre os profissionais de educação e de saúde escolar.

 

O PRESSE apresenta-se como uma resposta facilitadora de todo o processo através de medidas de intervenção definidas regionalmente e aplicadas a nível local. O modelo de intervenção PRESSE assenta na metodologia de projecto e promove a intervenção interdisciplinar.

 

Entendendo a Educação Sexual como uma importante dimensão da promoção e protecção da saúde e do processo global de educação, o DSP constituiu um grupo de trabalho multidisciplinar (gt-PRESSE), com formação e experiência relevantes nesta área, que estrutura, executa, monitoriza, avalia e apoia a implementação do programa no local. Esta equipa é composta por um médico de saúde pública, uma enfermeira especialista em saúde comunitária e mestre em sexologia, uma licenciada em ciências de educação e uma psicóloga.

 

O PRESSE mantém, desde o seu início, uma parceria com a Direcção Regional de Educação do Norte (DREN) e trabalha em estreita colaboração com a sua Coordenadora da Educação e Promoção da Saúde.

 

A gestão local do PRESSE é da responsabilidade da Unidade de Saúde Pública (USP) de cada um dos Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) da ARS Norte, I.P. que, no âmbito do Programa de Saúde Escolar, apoia a sua implementação. A operacionalização do programa é assegurada pela Equipa-PRESSE (e-PRESSE), uma equipa multidisciplinar, constituída por: 2 profissionais da saúde escolar (médicos e/ou enfermeiros), pelo professor coordenador de educação para a saúde e, se possível, por um psicólogo a desempenhar funções na saúde ou na educação.

 

Desta forma, o programa PRESSE desenvolve-se através de várias medidas, tais como:

·         Formação dos profissionais de saúde escolar, professores e psicólogos em sexualidade humana, educação sexual e metodologias pedagógicas;

·         Disponibilização de recursos pedagógicos (guiões de formação de professores, cadernos de actividades para alunos, jogos pedagógicos, entre outros) que facilitam a aplicação dos conteúdos curriculares em educação sexual previstos para os vários níveis de ensino;

·         Promoção de iniciativas de complemento curricular que contribuem para dinamização da educação sexual na escolas tais como: teatro-debate, concursos, comemoração de dias temáticos, exposições, entre outras;

·         Apoio para a implementação de Gabinetes de Informação e Apoio (GIA) no âmbito da educação para a saúde e educação sexual.

 



PRESSE > PRESSE > O que é o PRESSE?
PRESSE © 2014 - Todos direitos reservados